quinta-feira, 25 de abril de 2013

Quantas emoções!

A mulher tem por sua natureza ser emotiva... Há várias coisas que podem despertar nossas emoções, uma boa notícia, uma triste, vemos alguém ferido, durante um filme de ação, durante um filme de romance e por aí vai, recebemos um elogio da pessoa amada... vários tipos de sentimentos
são despertados dentro de nós, inclusive quando estamos na TPM! Cada uma sabe lidar com suas emoções, algumas mulheres aprenderam através da fé a lidar com elas, outras ainda são escravas delas até hoje (e não mudam, não saem do lugar, não avançam, suas emoções as prende ao mesmo problema de sempre ). 


Não paramos de pensar um minuto, não gostamos de segurar as coisas, precisamos desabafar quando estamos estressadas... Nossa cabeça muitas vezes parece que vai dar um curto circuito, às vezes paro para imaginar um monte de fios em minha cabeça, levando informações de uma lado para o outro! É um tanto engraçado de se pensar...

Não podemos nos deixar dominar por nossas emoções, senão nos tornamos escravas delas e o pior cometemos um erro atrás do outro, pois qual decisão você já tomou em sua vida baseada em uma emoção e deu certo? É preciso lutar contra a nossa natureza, há dias que preciso e muito fazer isso. Preciso esquecer o que estou sentindo no momento, analisar tudo e onde quero chegar, qual é a maneira eficaz de solucionar aquilo e pedir a direção de Deus! 
Ir contra a emoção é ir contra nossa natureza, e agir da maneira racional... na fé! 

sexta-feira, 12 de abril de 2013

O amor - vídeo para refletir

Você o leu o post anterior? Se não, clique aqui. Veja este vídeo, e reflita!


 

 Tenha um final de semana abençoado! 

Compartilhe por aí... 

domingo, 7 de abril de 2013

O amor...

Depois do post "Após meu Ah que Dia!" (clique aqui para ler).

Falei sobre o que houve depois que fui selada com o Espírito Santo, e terminei falando sobre o que acontece com o amor de muitos e é sobre isso que vou compartilhar com você hoje! 
Infelizmente, depois que algumas pessoas alcançam o que queriam, são seladas com o Espírito Santo, levantadas a obreiras, começam a relaxar! Já, já vou chegar aí... 

Talvez você conheça obreiras que quando as olha consegue ver algo diferente nelas, são obreiras que jorram o Espírito Santo, obreiras que fazem a diferença e outras que são totalmente o contrário. Se as duas são batizadas no Espírito Santo, qual a diferença? O que mudou!? 

O amor! 


O amor da primeira não mudou, mas o amor da segunda esfriou! E a segunda tem empurrado com a barriga, foi fazendo as coisas na Igreja por que aprendeu como fazê-las e não mais com o amor do início, cumprindo uma obrigação e 'batendo o ponto' nas reuniões. Mas como o amor pode esfriar? Pensa aí!! 

O amor esfria quando começamos a pensar em nós mesmas, na nossa vida pessoal e não mais nas almas, nas pessoas e na vontade de Deus! 
Quando pensamos em nós mesmas, estamos sendo egoístas, não damos mais aos outros aquilo que Deus nos deu e portanto é questão de tempo para essa pessoa sair de vez. 
Está escrito que "O amor de muitos esfriaria..." E esse muitos pode ser eu, como também pode ser você! Cabe a nós não deixá-Lo morrer! 

Os principais mandamentos que o Senhor Jesus nos ensinou, falam do amor... E quais são?

Amar a Deus sobre todas as coisas;
Amar ao próximo como a ti mesmo; 

Se cumprirmos esses dois mandamentos, o amor não se esfriará em nós! Se eu amo a Deus sobre todas as coisas, eu sempre vou procurar agradá-LO em tudo, sempre vou estar a Sua disposição para que me use! E o mesmo bem que quero para mim, quero para a outra pessoa e não só para mim mesma. 

Há pessoas que às vezes precisam de um abraço, ou de um sorriso nosso, aquilo já a as ajuda, da atenção da obreira. Saio do meu trabalho, faltando 30 minutos para começar a reunião, chego na IURD às pressas, coloco meu uniforme e logo que chegou vou com um sorriso cumprimentando a todos. Não interessa o que deu errado, o que aconteceu comigo naquele dia, ninguém tem nada a ver com isso, mas preciso dar o meu melhor para as pessoas, por quê? Porque as amamos! 

Em minhas orações sempre peço que Deus coloque o mesmo amor que Ele sente pelas pessoas em mim, mesmo que elas venham tentar me ferir, decepcionar, que eu venha continuar as amando, seja quem for, e por isso sou assim e acabo esquecendo depois o que aconteceu! 

Hoje enquanto estava aguardando a reunião em Porto Alegre, li o que a maioria de vocês já leu, mas li novamente dessa vez (leia novamente 1 Coríntios 13
Paulo diz à Igreja de Corinto que irá ensiná-los um caminho que é excelente! Não adianta ter uma fé enorme e não ter amor (uma das coisas que está escrito)

Depois diz: "quando, porém, vier o que é perfeito, o que é imperfeito desaparecerá." 
1 cor. 13: 10.

O perfeito é O Espírito Santo, que desceu sobre mim, e arrancou, me ajudou a arrancar e a lutar contra todas as minhas imperfeições, contra todos os meus complexos. Ele me moldou e ainda me molda! Mas graças ao amor. Ao amor que tive pelas pessoas que me fez ser selada também e é por amor que Ele deseja que façamos Sua vontade. Que O sirvamos! 


Na fé!