domingo, 22 de novembro de 2015

Marta ou Maria, qual delas você é?


Olá queridas amigas, tudo bem com vocês?
Então, vamos a nossa continuação, dando um exemplo do que uma serva de Deus deve ser: equilibrada e além de ter uma visão física, ter a visão espiritual.


Nossa meditação é em: Lucas 10: 38-41 

Gurias, já ouvimos muito sobre as irmãs Marta e Maria, até mesmo eu olhava Marta com olhos errados, tipo assim: "Poxa, que boba, não tava nem aí para as coisas espirituais, o Senhor Jesus em sua casa e ela nem aí, queria ficar fazendo o serviço da casa, numa hora dessas!"
Mas, pensando bem, imaginei as muitas Martas por aí, as Martas que trabalham tanto, são desequilibradas e só tem tempo para Jesus na igreja, colocam inúmeras coisas antes dEle, quando vão lembrar de sua comunhão com Deus, deixam lá para o fim do dia, para o fim de suas outras prioridades e de seus afazeres.

Eu compreendo hoje que Marta queria FAZER, sim ela era uma pessoa preocupada com o FAZER, e por isso não se importava tanto com o SER, assim como muitas pessoas. Marta queria deixar tudo pronto, afinal iria receber o Senhor Jesus em sua casa e queria ajuda de sua irmã. Eu vejo que o Senhor Jesus era a pessoa mais simples que já existiu, e com certeza, Ele não iria ficar reparando sua casa, porém como ela receberia uma visita não queria deixar as coisas em desordem.

 Maria é aquela pessoa que se preocupa com o SER. Que entende que há tempo para tudo e que nada pode substituir sua comunhão com Deus. Ela entendeu que aquele momento era único, que perderia uma oportunidade de aprender mais de Deus e se fortalecer espiritualmente.

No post passado falamos sobre a serva visionária, que tem visão e faz a diferença na Obra de Deus, porém não adianta somente o FAZER e sim SER. A sua espiritualidade, querida amiga, é algo pessoal, é algo que ninguém vê,é entre você e Deus. Não adianta você se preocupar somente com o trabalho,com o FAZER e esquecer que para permanecer você precisa estar aos pés de Jesus assim como Maria estava, é estar disposta a aprender, a mudar o que for preciso, enfim saber organizar suas prioridades, dar conta de seus afazeres como a mulher moderna de hoje em dia tem muitos, porém não esquecendo do que te mantém firme e forte que é sua comunhão com Deus.

Quando uma mulher é espiritual, ela sabe disso. Ninguém precisa estar dizendo a ela para ler a Bíblia, orar, jejuar, fazer coisas que a mantém na fé, que as faz crescer tanto espiritualmente, quanto como pessoa. Você pode ser uma serva excelente aos olhos dos homens, tipo visionária, mas também precisa ter a visão espiritual.
 "Maria escolheu a boa parte e esta não lhe seja tirada..." (Lucas 10:41)
Pense em tudo o que você perde, deixando sua comunhão com Deus de lado e consequentemente sua espiritualidade!!!

Para Finalizar, deixo aqui esta música "Marta e Maria" de Ísis Regina, que é uma de minhas favoritas!



Até a Próxima,
E compartilhe com suas Friends!!

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

A Serva Visionária!

Ontem li o blog do Bispo Macedo (leia aqui), e lá ele falou o que gostaria de acrescentar aqui neste post.
Eu li sobre João Batista, na quarta-feira pela manhã e se quiser ler depois, está no Livro de João 1: 20-40.

Ele foi um servo super útil e de visão. Antes mesmo de o Senhor Jesus dizer "Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura, e batizar e fazer discípulos..." Ele já estava fazendo!
 Como assim?
Sim, pois os dois primeiros discípulos do Senhor Jesus, foi João Batista quem os discipulou!
Na verdade eles eram dois dos seus discípulos, isso quer dizer que ele formou mais!

E os dois discípulos ouviram-no dizer isto, e seguiram a Jesus.
João 1:37

João os ganhou através de seu testemunho, de sempre estar incessantemente no trabalho da Obra de Deus anunciando o Senhor Jesus. Ele passou isso a eles e foi isso que eles fizeram, pois quando conheceram ao Senhor Jesus, na mesma hora o seguiram e fizeram parte dos primeiros 12.

Assim que a serva de Deus que quer fazer a diferença ou como a Bíblia se refere "útil" é. Uma serva visionária. Não é necessário estar dizendo a ela o que fazer porque ela vê o que é preciso fazer!

*Ela tem amor pelas almas, no olhar das pessoas já sabe que está precisando de ajuda e não é indiferente à dor e ao sofrimento dos outros.
*Ela faz discípulas, não apenas simples frequentadores da igreja, mas os faz nascer no Reino de Deus e assim como ela, os prepara para servir a Deus;
*Ela é exemplo para os demais;
*Ela é disposta e despojada;
*Ela é o melhor no que faz, não para ser melhor do que os outros, mas sabe que não é aceita por Deus ao fazer a Sua Obra relaxadamente;
*Ela vê o que a Igreja está precisando,
* Por ela querer sempre ser mais e mais contada por Deus, Ele a usa em tudo e a capacita, pois é difícil encontrar servas assim.

E você, que tipo de serva tem sido? Sempre há tempo de fazer a diferença, de ser alguém não apenas sendo contada em número, mas sim com o quanto você tem se doado, não digo em quantidade de horas e de dias, mas se há qualidade no que você tem feito! Ou você apenas veste o uniforme, e vai para casa, evangeliza porque é marcado para ir, não porque você se despojou e quis!!?

Vamos nos examinar quem temos sido!?

Na fé, até a próxima, onde falaremos sobre o servo espiritual! Neste post falamos sobre o trabalho da Obra de Deus, mas no próximo sobre o servo espiritual, pois os dois tem que andar juntos.



quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Perdida... Dentro da Igreja



Tem algo pior do que estar perdido ou sentir-se assim? Eu não gosto de ficar sem direção.
Mas é muito triste e revoltante ver alguém perdido dentro da Igreja. Ouvindo a Palavra, recebendo, e não despertar. Ela acha que a palavra só serve para os outros e não para ela. Ela só vê erros nos outros e não nela.
Ela já foi sim, uma pessoa usada por Deus. Que queria fazer tudo se pudesse, mas a verdade é que...

No momento em que colocamos distrações no nosso caminho, quando começamos a sujar nossos olhos e coração com as falhas e erros dos outros (coisa que todos tem, pois só Deus é bom), a pessoa começa a perder a sua visão das coisas de Deus e dEle mesmo e só olha as coisas com maldade.
Se eu estou andando em um caminho, onde estou olhando onde quero chegar e me distraio olhando para o lado, eu paro. Nós paramos. E na nossa vida é assim.
Quando perdemos o foco, é isso que acontece, e o resultado disso é o engano. Ela engana a si mesma. Acha que por somente estar na Igreja isso é o suficiente para estar bem e bem com Deus. Mas não!

O problema é a podridão que está dentro dela e que ela precisa eliminar, e que não a deixa enxergar. 

Ela perde o temor, pois seus olhos estão sujos... então pra ela todos estão errados, só ela está certa.
E o fruto disso também é o orgulho, ela não aceita que está errada, como disse, ela vê somente erros nos outros, "Se eles não fazem, não faço também!"; "Para quê vou me estressar? Ninguém faz nada mesmo!"; "Olha como isso tá, é por causa deles!"; "Ah se não fosse eu aqui, hein!" 
E por aí vai...

Nesse caso a única coisa a fazer é orar por essa pessoa. Pois, as coisas que você irá dizer, ela não aceitará. Tente se for alguém próximo de você, marque um propósito, faça uma estratégia... Mas se ela levar a mal o que disser, ore, pois é a arma eficaz a ser usada!

Até a próxima!

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

O que tira a beleza de uma mulher - III

Estamos de volta pessoal, nesse mesmo horário, nesta programação.
 Nãooooo (kkk) - Neste Blog!
Amigas, estamos de volta aos posts de quinta-feira, durante o Jejum de Daniel, aproveitei para ficar longe de tudo mesmo, tinha gente pensando que eu havia sumido, "Sumi não gente to aqui!!"

Continuando ao post anterior...

Você pode ser moderna, sem ser vulgar!
Terminei de Falar sobre que muitas mulheres mostram tudo, mas o que mais deveriam mostrar não mostram que é o seu sorriso. Tem gesto mais bonito? Mais gracioso que uma mulher pode demonstrar?

Lembro-me bem quando entrei na adolescência, não tinha alguém que me explicasse o que usar e o que não usar (apenas minha irmã me dizendo o que era brega e o que não era), mas usava roupas extremamente curtas e decotadas, pois via as meninas assim e já acostumada, pois desde criança minha mãe não se importava em me vestir com roupas curtas, afinal eu era uma criança, não é mesmo?
Nananinanão! Eu acredito sim, que toda mãe deve desde criança educar as vestimentas de sua filha, pois quando ela entrar na puberdade vai achar tudo super normal, o corpinho dela vai começar a crescer e então surgirá uma vontade de mostrar essas mudanças que vem acontecendo, não sei o que acontece, mas a adolescente já se acha uma quase adulta nessa fase. Isso foi há uns tantos anos atrás (não entremos em detalhes, rsrsrs), então, imagina hoje que tudo é precoce!

Como consequência chamando a atenção dos meninos e de alguma forma comecei a desejar os olhares deles. Eu deveria estar brincando de boneca ainda isso sim, mas estava pensando em agradar a sociedade. Meu primeiro beijo foi para agradar as minhas amigas de tanto que elas me incomodavam, resumindo, passei a adolescência querendo chamar atenção, sendo o que os outros queriam, agradando a eles.

Me dei conta que estava chamando a atenção errada através das minhas roupas, comecei a perceber que homens casados estavam me olhando com olhares maliciosos, foi quando parei de usar aquelas roupas e comecei a usar roupas esfarrapadas.
Gurias, eu não queria mais chamar a atenção de ninguém, então comecei a usar roupas super largas, fora do comum para mim.

 Você pode sim se vestir bem, estar bonita sem ser indiscreta. Posso me vestir sem estar vulgar e sem estar esculachada, nem uma nem outra passam uma boa impressão.

Quando solteira, me preocupei em ser melhor para Deus, e para mim. Nós que somos cristãs somos observadas pelo mundo e qual imagem você passa para as outras pessoas? Agora que sou casada, acrescento mais um nesta lista, que é meu esposo, eu também o agrado.

Como você pode mudar sua forma de vestir? Primeiro, se faça esta pergunta, para quem você se veste? Segundo, qual a imagem de si mesma você quer passar através da sua imagem?


Até a próxima!!!

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

O que tira a beleza de uma mulher - II

Olá meninas,

Estou atrasada com o post de quinta-feira, porém ontem eu sentia vontade de ficar em uma caixinha, sabe? Para que ninguém me visse, calma não há nada de errado, apenas eu estava com muita dor no meu ciso, após colocar aparelho na parte
debaixo dos dentes, ele começou a doer, acredito que esteja o empurrando, talvez terei que arrancá-lo (buáááá).
E não deixei de sorrir, mesmo com muita dor, não é fácil né, mas quando tive a oportunidade de ficar quietinha aproveitei e fiquei longe de redes sociais.

Mas isso foi algo a parte, há mulheres que não sorriem, mulheres que vivem bravas, são grossas e agem estupidamente com as pessoas. Infelizmente mulheres assim são infelizes interiormente e consigo mesmas e o que querem assim é demonstrar que são pessoas fortes, mas só Deus sabe o quão frágeis são quando estão só.
Mulheres assim, apenas afastam pessoas do seu redor e perdem oportunidades de conhecerem grandes amigas.

O que temos de mais bonito, é preciso ser mostrado: O sorriso! Quando você sorri, você pode mudar o dia de alguém, pode fazer a diferença.
A obreira e esposa que passa sorrindo pelo salão cumprimentando as pessoas fazem estas pessoas se sentirem acolhidas e bem-vindas;
Quando você sorri, você demonstra um carinho, sua doçura, enfim faz quem está ao seu redor sentir-se bem.
Então vamos praticar o sorriso!
Mas, talvez você diga, como vou sorrir se não tenho motivos?
Minha amiga, apenas por você estar viva e respirar, já teria muito que sorrir e agradecer!
Vamos combinar assim, nessa semana, comece a encontrar motivos para sorrir e pare de chorar! Procure o que lhe faz feliz e comece a praticar o sorriso!
O sorriso deixa o rosto mais bonito!

Tem gente que mostra tudo, mas o que foi feito para ser mostrado não mostra!
Isso é o que falaremos na semana que vem!

Bye!!

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

O que tira a beleza de uma mulher - I

    Tenho pensando há alguns dias sobre isso, que quando somos crianças, já crescemos pensando o que queremos ser quando cresceríamos, mas você já imaginou quem você quer se tornar? Ou seja, que tipo de mulher quer ser? Invista em você, seja uma mulher com virtudes, em meio a um mundo que tem trabalhado contra isso. 
Portanto, nas quintas-feiras durante este mês, estarei abordando aqui o que tira a beleza de uma mulher e quero que você participe, compartilhe com suas amigas e dê sugestões do que fica feio para uma mulher. 

A primeira coisa que falaremos hoje é sobre falar alto. Essa era eu. E olha gente que eu não percebia, só fui perceber isso depois que casei, kkkkk. 
Dizem que descendentes de italianos falam muito alto, dão risada alto, e é assim mesmo. Como disse, depois que casei percebi que falava alto, e quando encontro com meus familiares, percebo que realmente eles falam alto, desculpa aí gente, mas é feio, kkkkk.

Uma coisa, é que como eu por morar com pessoas que mantinham o tom de voz alto e não se dava conta, outra coisa é você falar alto, rir alto para chamar atenção, eu já fiz isso diversas vezes para chamar atenção quando adolescente, mas o pior é que há mulheres que agem como adolescentes.

Eu já tive de pedir para por gentileza, falar um pouco mais baixo, inclusive quando se está em um ambiente público, e o pior é quando as pessoas expõem sua vida e todos estão ouvindo. 

Como mudar isso? 
Você já notou qual a expressão das pessoas quando lhe ouvem? Sua voz precisa ser moderada, não muito baixo a ponto de ninguém lhe ouvir e as pessoas ter que estar lhe perguntando "Ã? O que? Como? O que você disse?" 
E não falar alto demais, pois incomoda. Depois que casei, entendi porque minhas amigas falavam algumas vezes "Fala mais baixo, Luana!"

Isso não é impossível, eu mudei, você também pode. 

Até quinta que vem! Beijokas  

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Quando Você Admite Sua Fraqueza...


Nem sempre é fácil falar de nós mesmas, quanto ao procurar e a reconhecer nossas fraquezas, falhas e defeitos, mas eu creio que são bem-aventuradas mulheres que realmente admitem suas falhas, mas que tem a coragem de mudar e a serem melhores! 

"Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos Céus". (Mt. 5:3)Em outras palavras, abençoados são aquelas que se esvaziam de si mesmos, e dependem do Senhor, serão bem-vindas em Seu Reino!  

Quantas você já viu, até suas amigas, colegas de Obra que aparentemente arrebentavam exteriormente (estavam cheias de si), porém espiritualmente estavam mau, e não pediram ajuda, a pior coisa é empurrar com a barriga e achar que vai continuar aguentando assim, ninguém consegue isso, sabe por quê? Porque enjoa, cansa!! 

Por isso Paulo disse que quando ele estivesse fraco, ali estaria forte! Mas se estivesse forte, estaria fraco, pois se fosse assim não dependeria de Deus e sim unicamente de si mesmo. 

Nós vivemos no Altar, estamos com nossa vida física e espiritual Nele e sendo assim somos dependentes de Deus para tudo! Quantas vezes você já se colocou ou já esteve em uma situação onde só havia Deus para lhe ajudar?! Se ainda não passou por isso, um dia passará!  

Não é por ter um título de evangelista, godllywoodiana, sister, obreira ou esposa, colocar uma máscara e subir num pedestal onde estará ilesa de tudo ou pensar que já aprendeu de tudo e é auto-suficiente. Somos mulheres, mulheres sujeitas às mesmas fraquezas que qualquer outra, mas devemos ainda mais ser humildes para nos analisar e mudar, não só por nós, mas por todas que Deus confia em nossas mãos para ajudar, salvar e a ser um exemplo. 

Não pense que você é forte (Como assim não pensar que sou forte?), você só é forte se estiver aos pés do Senhor Jesus, se caso não estiver, você está longe de estar forte e tem enganado a si mesma. Quando você está aos pés dEle, você admite suas fraquezas, admite que sem Ele não é nada e que a cada dia precisa dEle para mudar, melhorar a si e em tudo. 


terça-feira, 11 de agosto de 2015

Eu tenho que me agradar de Deus ou agradar a Deus?

As duas coisas, rsrsrs. Porém hoje vamos falar sobre nos agradar de Deus!

Algumas de vocês já devem ter meditado neste versículo: 

"Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará os desejos do teu coração." (Salmos 37:4)

Sim, eu também já meditei nele por vezes, talvez o seu entendimento antes era que "se você agradasse a Deus, Ele faria o que você pedisse!". Mas, não é isso que este versículo  quer nos dizer. 

Ele diz que nós é quem devemos nos agradar de Deus, e então Ele satisfará o desejo do nosso coração, ou seja Ele nos dará a alegria do nosso sonho realizado!!  Pois, quantas vezes você ficou chateada com uma situação que aparentemente até mesmo ficou chateada com Deus, mas depois que passou, viu que era o melhor. Ou você estava gostando de alguém, e deu tudo errado, você chorou, não entendeu nada e depois viu que essa pessoa não era certa para você! 

Ou até mesmo em uma situação como esta: uma amiga nos comentou que iriam fazer uma concentração de fé na cidade dela, na terça-feira, até então o tempo estava muito bom, evangelizaram muito e tinha tudo para arrebentar, porém na segunda-feira começou a chover e chover muito. Ela ficou indignada e ainda questionava a Deus o porquê estar chovendo tanto, pois a chuva iria atrapalhar, fora o tanto que tinha que organizar ainda. Pois bem, na terça à tarde parou de chover e veio o sol, o clima ficou agradável, e ela entendeu que a chuva veio para refrescar, pois se continuasse com aquele sol e calor, talvez muitas dentro do ginásio iriam passar mau, pela pouca ventilação, ali ela viu o agir de Deus, tão natural, e viu o que realmente este versículo queria dizer e o evento foi até mais do que ela imaginou! 

Através deste exemplo dá para entender agora? 

Se agrade do que Deus tem feito em sua vida, talvez num primeiro momento você não entenda, mas se você sabe que sua vida está nas mãos dEle, porque temer? Se Ele está no controle de tudo. Ele sabe melhor do que ninguém o que é melhor para você e em Seu tempo fará coisas até maiores do que você imaginou!

E não só isso, mas teremos prazer em estar em Sua companhia, prazer em pertencer a Ele, em fazer a Sua vontade, teremos prazer em obedecer a Ele... 

Amém?!

Até a próxima!  

sábado, 1 de agosto de 2015

Como você pode Mudar suas Atitudes? (TF Teen)

A maioria dos adolescentes gostam de chamar atenção. Muitos começam a imitar alguém, usar os mesmos tipos de roupas, começam a dar bastante importância para o seu exterior e se preocupam bastante com o que os outros irão achar dele(a).
 
Colocam uma foto no facebook e disputam quantas curtidas aquela foto terá, mas me diz uma coisa: O que isso mudará na vida deles? Sabe o que é isso? Eles querem que as pessoas o aceitem, gostem dele, porque no fundo esse adolescente tem um vazio dentro do seu coração. 
Você pode ser um jovem ou uma jovem que se veste muito bem e com as melhores roupas, mas essa não é a verdadeira beleza. A verdadeira beleza, vem de dentro para fora. 

Por isso, todas as atitudes que você toma, mostram quem você é por dentro, o que você posta nas redes sociais,  quando você fala palavrões, é rebelde, é mal educado, isso são atitudes feias e muitas vezes você faz isso porque alguém que você acha "maneiro" faz isso. Quando você se importa com o seu interior, para que suas atitudes sejam boas, você se torna uma pessoa que todos querem ter por perto, pessoas de qualquer idade, sejam crianças, adolescentes (Quem for da sua idade até te pedirá conselhos, sabia?) e adultos irão se sentir bem ao seu lado, você não acha isso bem melhor? 

Se aceitar e gostar tanto de si mesmo, que não precisará mais disputar curtidas em fotos no facebook, nem mesmo ter estas atitudes ruins que a maioria tem para chamar atenção, pois um adolescente inteligente, não deve fazer nada que o prejudique, certo?


Mas como melhorar? Seguindo os bons exemplos e naquilo que for difícil peça a Deus para que o ajude e se esforce. Tudo passa, sua idade, essa "fase" que todos chamam, com o tempo você irá amadurecer, muitas vezes aprenderá pelos seus erros, muitas vezes olhando os erros dos outros,  o que fica e é o principal para a vida toda é o nosso caráter e tudo o que fizermos sempre terá uma consequência boa ou ruim, depende de você!!

 Pense nisso e até a próxima. 

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Quando você "sai do espírito"...

Oi Gentem! 

No final deu tudo certo! We are here! 
Bom, estou escrevendo este post dando risadas de mim, ué não sou perfeita, aprendo e muito todos os dias. 

E um desses aprendizados foi indo a São Paulo na última sexta-feira. Primeiro que não entendo muito bem como funciona estas coisas de check in e tal. Tentamos fazer online, imprimimos e ao sair de casa, choveu taaaanto, mas tanto e mesmo assim conseguimos chegar no horário. 

A fila já extensa, nós pensando que tudo ia dar certo felizes e quando chegou nossa vez e... Aiii, não imprimiu o número do código de barras e a moça gritando "Vôo 1271, Embarque Imediato" (nunca mais vou esquecer o número). Pensa em alguém doida, era eu, (kkkkkk), por que já ouvi histórias de pessoas que estavam com tudo certo e acabaram ficando no aeroporto. Na hora a gente só lembra das coisas ruins que possam acontecer e eu pensando "Não podemos ficar aqui, não posso deixar de estar no Templo de Salomão!"

Mas lá ia eu e minha amiga a mil, nos passaram na frente e 5:40 hs entramos para a verificação de bagagens, o vôo saia 5:46 hs. 
Quiseram abrir minha bagagem porque viram aerosol lá dentro ou seja meu spray de cabelo, que agonia que eu tava sentindo. 
Depois para ajudar ainda não enxergava o tal terminal 3, celular tocando e TPM aflorando. 
Gurias, quase tive um colapso emocional! (kkkkk)

Depois que entrei no vôo e sentei, respirei fundo e ri de mim mesma, mas também fiquei envergonhada. Porque não precisava ter ficado tão preocupada assim, até porque eu aprendi então que quando fazemos o check in, nosso nome já aparece no vôo de um modo ou outro eles teriam que nos esperar. 

Graças a Deus meu esposo é um poço de calmaria e nessas horas como é bom sermos diferentes! Não estou dizendo que não sou calma, mas na hora não me mantive em espírito e a amiga TPM aflorando, ela também todo mês vem tentar me visitar, e eu sempre a contenho, mas acho que devido às circunstâncias, ela apareceu!

Por isso amiga, o aprendizado é: Se sairmos do espírito, perdemos o equilíbrio. 

Até a próxima!