sexta-feira, 30 de outubro de 2015

A Serva Visionária!

Ontem li o blog do Bispo Macedo (leia aqui), e lá ele falou o que gostaria de acrescentar aqui neste post.
Eu li sobre João Batista, na quarta-feira pela manhã e se quiser ler depois, está no Livro de João 1: 20-40.

Ele foi um servo super útil e de visão. Antes mesmo de o Senhor Jesus dizer "Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura, e batizar e fazer discípulos..." Ele já estava fazendo!
 Como assim?
Sim, pois os dois primeiros discípulos do Senhor Jesus, foi João Batista quem os discipulou!
Na verdade eles eram dois dos seus discípulos, isso quer dizer que ele formou mais!

E os dois discípulos ouviram-no dizer isto, e seguiram a Jesus.
João 1:37

João os ganhou através de seu testemunho, de sempre estar incessantemente no trabalho da Obra de Deus anunciando o Senhor Jesus. Ele passou isso a eles e foi isso que eles fizeram, pois quando conheceram ao Senhor Jesus, na mesma hora o seguiram e fizeram parte dos primeiros 12.

Assim que a serva de Deus que quer fazer a diferença ou como a Bíblia se refere "útil" é. Uma serva visionária. Não é necessário estar dizendo a ela o que fazer porque ela vê o que é preciso fazer!

*Ela tem amor pelas almas, no olhar das pessoas já sabe que está precisando de ajuda e não é indiferente à dor e ao sofrimento dos outros.
*Ela faz discípulas, não apenas simples frequentadores da igreja, mas os faz nascer no Reino de Deus e assim como ela, os prepara para servir a Deus;
*Ela é exemplo para os demais;
*Ela é disposta e despojada;
*Ela é o melhor no que faz, não para ser melhor do que os outros, mas sabe que não é aceita por Deus ao fazer a Sua Obra relaxadamente;
*Ela vê o que a Igreja está precisando,
* Por ela querer sempre ser mais e mais contada por Deus, Ele a usa em tudo e a capacita, pois é difícil encontrar servas assim.

E você, que tipo de serva tem sido? Sempre há tempo de fazer a diferença, de ser alguém não apenas sendo contada em número, mas sim com o quanto você tem se doado, não digo em quantidade de horas e de dias, mas se há qualidade no que você tem feito! Ou você apenas veste o uniforme, e vai para casa, evangeliza porque é marcado para ir, não porque você se despojou e quis!!?

Vamos nos examinar quem temos sido!?

Na fé, até a próxima, onde falaremos sobre o servo espiritual! Neste post falamos sobre o trabalho da Obra de Deus, mas no próximo sobre o servo espiritual, pois os dois tem que andar juntos.



quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Perdida... Dentro da Igreja



Tem algo pior do que estar perdido ou sentir-se assim? Eu não gosto de ficar sem direção.
Mas é muito triste e revoltante ver alguém perdido dentro da Igreja. Ouvindo a Palavra, recebendo, e não despertar. Ela acha que a palavra só serve para os outros e não para ela. Ela só vê erros nos outros e não nela.
Ela já foi sim, uma pessoa usada por Deus. Que queria fazer tudo se pudesse, mas a verdade é que...

No momento em que colocamos distrações no nosso caminho, quando começamos a sujar nossos olhos e coração com as falhas e erros dos outros (coisa que todos tem, pois só Deus é bom), a pessoa começa a perder a sua visão das coisas de Deus e dEle mesmo e só olha as coisas com maldade.
Se eu estou andando em um caminho, onde estou olhando onde quero chegar e me distraio olhando para o lado, eu paro. Nós paramos. E na nossa vida é assim.
Quando perdemos o foco, é isso que acontece, e o resultado disso é o engano. Ela engana a si mesma. Acha que por somente estar na Igreja isso é o suficiente para estar bem e bem com Deus. Mas não!

O problema é a podridão que está dentro dela e que ela precisa eliminar, e que não a deixa enxergar. 

Ela perde o temor, pois seus olhos estão sujos... então pra ela todos estão errados, só ela está certa.
E o fruto disso também é o orgulho, ela não aceita que está errada, como disse, ela vê somente erros nos outros, "Se eles não fazem, não faço também!"; "Para quê vou me estressar? Ninguém faz nada mesmo!"; "Olha como isso tá, é por causa deles!"; "Ah se não fosse eu aqui, hein!" 
E por aí vai...

Nesse caso a única coisa a fazer é orar por essa pessoa. Pois, as coisas que você irá dizer, ela não aceitará. Tente se for alguém próximo de você, marque um propósito, faça uma estratégia... Mas se ela levar a mal o que disser, ore, pois é a arma eficaz a ser usada!

Até a próxima!

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

O que tira a beleza de uma mulher - III

Estamos de volta pessoal, nesse mesmo horário, nesta programação.
 Nãooooo (kkk) - Neste Blog!
Amigas, estamos de volta aos posts de quinta-feira, durante o Jejum de Daniel, aproveitei para ficar longe de tudo mesmo, tinha gente pensando que eu havia sumido, "Sumi não gente to aqui!!"

Continuando ao post anterior...

Você pode ser moderna, sem ser vulgar!
Terminei de Falar sobre que muitas mulheres mostram tudo, mas o que mais deveriam mostrar não mostram que é o seu sorriso. Tem gesto mais bonito? Mais gracioso que uma mulher pode demonstrar?

Lembro-me bem quando entrei na adolescência, não tinha alguém que me explicasse o que usar e o que não usar (apenas minha irmã me dizendo o que era brega e o que não era), mas usava roupas extremamente curtas e decotadas, pois via as meninas assim e já acostumada, pois desde criança minha mãe não se importava em me vestir com roupas curtas, afinal eu era uma criança, não é mesmo?
Nananinanão! Eu acredito sim, que toda mãe deve desde criança educar as vestimentas de sua filha, pois quando ela entrar na puberdade vai achar tudo super normal, o corpinho dela vai começar a crescer e então surgirá uma vontade de mostrar essas mudanças que vem acontecendo, não sei o que acontece, mas a adolescente já se acha uma quase adulta nessa fase. Isso foi há uns tantos anos atrás (não entremos em detalhes, rsrsrs), então, imagina hoje que tudo é precoce!

Como consequência chamando a atenção dos meninos e de alguma forma comecei a desejar os olhares deles. Eu deveria estar brincando de boneca ainda isso sim, mas estava pensando em agradar a sociedade. Meu primeiro beijo foi para agradar as minhas amigas de tanto que elas me incomodavam, resumindo, passei a adolescência querendo chamar atenção, sendo o que os outros queriam, agradando a eles.

Me dei conta que estava chamando a atenção errada através das minhas roupas, comecei a perceber que homens casados estavam me olhando com olhares maliciosos, foi quando parei de usar aquelas roupas e comecei a usar roupas esfarrapadas.
Gurias, eu não queria mais chamar a atenção de ninguém, então comecei a usar roupas super largas, fora do comum para mim.

 Você pode sim se vestir bem, estar bonita sem ser indiscreta. Posso me vestir sem estar vulgar e sem estar esculachada, nem uma nem outra passam uma boa impressão.

Quando solteira, me preocupei em ser melhor para Deus, e para mim. Nós que somos cristãs somos observadas pelo mundo e qual imagem você passa para as outras pessoas? Agora que sou casada, acrescento mais um nesta lista, que é meu esposo, eu também o agrado.

Como você pode mudar sua forma de vestir? Primeiro, se faça esta pergunta, para quem você se veste? Segundo, qual a imagem de si mesma você quer passar através da sua imagem?


Até a próxima!!!