quarta-feira, 30 de junho de 2010

Uma Jovem Especial

Fui muito ligada às minha amizades... Tinha muitos amigos no mundo e também 'inimigos', pois era considerada a 'popular' da escola. Saíamos juntos para as festas, fins de semana, até no vestir éramos parecidas. Se você quiser conhecer um pouco mais sobre mim clique aqui. Mas enfim, quando comecei a freqüentar a Igreja, o primeiro NÃO à uma das minhas amigas quando ela me convidou para sairmos, não foi fácil. O primeiro NÃO ao Carnaval (fazia dois meses que estava na Igreja). O primeiro NÃO às bebidas... e por aí vai. Fui negando a mim mesma e consegui, viraram a cara, fui vista como a 'crente', agora eu seria a 'cafona'. Mas eu enfrentei. Não queria mais aquela vida para mim... queria mudar... ser outra, ser realmente feliz, sentir para sempre aquilo que senti quando entrei na Igreja pela primeira vez.
Mudei... para ser a Jovem Especial...

Mudei meu vocabulário: Aqueles palavrões que outrora eu falava, não falava mais.

Minha maneira de vestir: Aquelas roupas apertadas e decotadas que chamavam atenção, não usava mais.

Minhas companhias: Não virei a cara para os meus 'amigos' de fora, mas já que eu queria mudar tinha que encontrar amigos que fizessem parte da minha 'tribo' digamos assim... amigos de Deus.

Esqueci minha vida sentimental, pois só havia sofrimento até então. E entreguei nas mãos de Deus para que no momento certo Ele me desse alguém que fosse da vontade dEle e que me faria feliz. E me preocupei somente com minha vida espiritual. Isso é importante para o jovem que quer entregar sua vida para o Sr Jesus... primeiro vem as coisas de Deus, depois as outras áreas Ele mesmo vai acrescentando... e foi assim que Deus fez e faz até hoje.

Fui a diferente na escola...

Sei como é difícil para quem está estudando, pois vem as piadinhas, etc. Mas você não pode deixar de ser quem você é lá. Eu não deixei de ser. Eu não mudei para agradar a ninguém, pois sabia que dependendo do que fizesse poderia desagradar a Deus e isso eu não queria.

Teve um dia que peguei uma camiseta minha branca e escrevi Força Jovem, o endereço e o horário e caminhava pela escola. Todo mundo ficava olhando. Não digo para fazer isso também, é que só quero deixar um exemplo de que você não precisa mudar e ser igual a eles, assuma a sua fé e não tenha vergonha, pois Deus é com você. E assim falando do Força Jovem.

Na hora do recreio (interval0) por exemplo, eu ia ouvir música ou ler um livro, pois sabia que os 'papos' de minhas colegas eram ruins para mim. Quando foi lançado o Livro Melhor do que Comprar Sapatos, da dn Cristiane Cardoso, eu estava terminando o Ensino Médio e lia ele todos os dias Minhas colegas que me procuravam viam que eu estava lendo, sentavam ao meu lado e liam junto comigo.

Não precisei ser igual a elas, entrar nos mesmos assuntos que elas para que não me sentisse sozinha na escola.
Fui a diferente e assim fazendo a diferença na vida daqueles que estavam ao meu redor. Sendo eu mesma e assumindo a minha fé em Deus.

na certeza,
Postar um comentário