terça-feira, 23 de novembro de 2010

O mal quer deixar a marca dele na sua vida

"Vou falar sobre uma história verídica, sempre a levo como exemplo, e ela serviu de exemplo para muitas jovens na época."

Eu tinha uma amiga, onde sempre fazíamos as coisas juntas, evangelizávamos, quando chegávamos no nosso bairro, convidávamos muitas pessoas para ir a Igreja conosco. Até que teve um dia que fui levantada a obreira ... E ela não. Mas meses depois, ela também foi. Então nos consagrávamos juntas, trabalhávamos juntas nas reuniões, sempre fazendo propósitos com os jovens, enfim estávamos sempre na guerra juntas. Ela sempre na fé, passando fé, revoltada com a situação.

Mas como sempre por primeiro o diabo quer os que estão nas diagonais da Igreja...

Uns meses se passaram e chegou um jovem na Igreja. Eles começaram a gostar um do outro. Mas acabou não dando certo, ela também estava arrecém na Obra e ele chegando... E ela como já estava abalada, triste por não ter dado certo e movida no sentimento, foi aí que o diabo pegou ela.
Usou uma pessoa de fora, um ex-namorado que voltou 'ocasionalmente' naqueles meses. Ele começou a jogar piadinhas pra ela, a dizer o quanto ela estava bonita, essas coisas... 

É, o diabo não aparece pra ninguém dizendo: 'Oi eu sou o diabo.'  Ele aparece como a melhor pessoa do mundo. E aos seus olhos parecia.

Ela começou a dar ouvidos... entrou no coração e aí já era. Saiu da Obra, pra ficar com ele.
Uns meses depois eles começaram a frequentar a Igreja juntos, ele já fazia promessas de casamento, queriam comprar as alianças... pois ela arrecém tinha ficado grávida!
Os dois nunca se acertavam, sempre brigavam, até que se separaram. Ele não quis o compromisso com Deus. Ela por sua vez continuou, mas foi só a crianças nascer que ela também saiu, pois ela tinha paixão por este rapaz, e queria de uma certa forma se vingar dele! (Esse era o pensamento dela).

E o diabo deixou uma marca na vida dela.

Esta criança não tem culpa, mas é o que ele queria.

Hoje ela olha pra trás e se arrepende de ter deixado a Jesus, sente saudades daquela época, não queria ter dado as costas, poderia ter sido diferente se ela tivesse dado ouvidos... pois ela não tem mais forças para voltar. Só ela tomando realmente uma decisão e não ficar mais em cima do muro.

Muitos carregam marcas que aconteceram por ter abandonado a Jesus, muitos hoje não tem mais a chance de voltar, pois até morreram, mas seja qual for... Como não sujeitavam-se mais a Deus, o diabo teve forças e assim conseguiu cumprir o que queria.
Ele não teve pressa. Ele teve paciência e ela caiu na sua rede como uma peixinho.

No momento que deixamos nossas emoções nos controlarem somos controlados por qualquer um, inclusive pelas forças malignas.   

na certeza,

Postar um comentário