sexta-feira, 10 de junho de 2011

Primeiro Amor


foto antiga.
Já que estamos falando sobre Amor, não poderíamos deixar de falar deste que está ligado: O primeiro Amor! Onde tudo era novidade todos os dias! Não havia tempo ruim, dor que atrapalhasse você de ir na Igreja, de servir a Deus...
Apocalipse 2! Muitos conhecem essa palavra, já ouviram sobre ela muitas vezes, tenho certeza. Mas a lendo novamente, aprendi algo novo! 
Existem pessoas enganadas dentro da Igreja. E talvez eu possa me incluir nisso! Preciso vigiar também!

Bom, então se puder pegue a sua Bíblia e abra em Apocalipse 2. E leia! - obrigada-


Na Carta a essa Igreja, Ele fala muito bem do que fez e está fazendo, mas o erro foi em perder o Primeiro Amor!
É aquela pessoa que não parou. Ela tem continuado a trabalhar em favor da Obra de Deus, suportando lutas, trabalhando... mas perdeu o Primeiro Amor. Mas como? Me perguntei! Se a pessoa está ali, fazendo o que SEMPRE faz! Aí está: o SEMPRE! Cheguei a conclusão que a pessoa foi se 'acostumando' com a Obra, de estar SEMPRE fazendo aquilo, foi adquirindo 'experiência' com as coisas e acabou por começar a fazê-las mecanicamente! Não mais porque tudo era novidade! Ela apenas acostumou-se a fazer as coisas! E assim esse primeiro Amor foi se esfriando! 
Por isso que digo que me incluo nisso também! Precisamos examinar a nós mesmos se ainda temos esse amor ou não! Então se perceber que o perdeu, relembre e volte a praticá-lo. Faça coisas diferentes! Quando você se acostuma a fazer algo, você logo pega a prática, talvez não porque goste de fazer aquilo! Nós podemos recuperá-lo!  
Primeiro Amor:
"Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias." Romanos 14. 5  
na certeza,
Postar um comentário