quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Para o meu pai

*Atrasadinho- mas ainda vale!

Eu não cresci em uma família perfeita. Mas Graças a Deus, tive o previlégio de vê-los mudando depois que assumi minha fé.

Meu Pai, sempre foi um Pai daqueles que abre mesmo o verbo! Falava sobre tudo.
Logo que entrei em minha adolescência tive uma perda de uma pessoa muito querida para mim, que me ensinava e instruía em tudo.
Meu pai - Ildo.
Depois de tudo isso, o meu pai então é quem me dava conselhos, conselhos sobre tudo. Sobre drogas, amizades, prostituição... Enfim, sobre as coisas que queria provar naquela época e que por conta de seus conselhos e exemplos que me deu, tive medo.
Pena que aquela época eu não sabia valorizar um conselho dele... A não ser sentir medo. Sentir esse medo me ajudou a não tomar escolhas tão erradas como essas, por exemplo.  
Meu paizinho sempre carinhoso com a gente!

Obrigada por tudo pai! Obrigada por compreender e apoiar  as escolhas que fiz, eu  te amo e pra sempre!
bjs,
Luana

Postar um comentário