quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

O meu "Ah que Dia"

"Mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ENSINARÁ todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito" João 14: 26


Lembro do dia em que recebi o Espírito Santo, fui selada, "Ah que Dia" minha gente! :) Dia 12 de fevereiro de 2006, lembro que era meu terceiro mês na Igreja e neste mesmo dia me batizei nas águas, após a reunião, eu sempre esquecia minha roupa já havia esquecido dois domingos antes e neste aqui também havia, e depois desta reunião, mesmo assim me batizei, mesmo não ter trazido a roupa, eu dei um jeito. Foi durante uma reunião de evangelistas e obreiros à tarde no domingo, e uma obreira me abraçou e buscou o Espírito Santo comigo, eu sem entender nada ainda, nova na fé, mas estava entregue e de coração aberto para o Senhor Jesus, sem mesmo eu entender muito o que era o Espírito Santo, quem Ele era, eu O desejei. 

Eu apenas sabia que Ele fazia parte da Santíssima Trindade, como anteriormente fazia catequese nos finais de semana, me preparando para fazer a 1ª comunhão aprendíamos sobre coisas da Bíblia, só teoria... prática que é bom, nada! 

As obreiras que me conhecem desde que entrei na IURD, dizem que eu as perguntava, "Mas o que era o Espírito Santo que elas tanto falavam e o pastor falava, como é tê-LO?" Eu queria tê-LO! Nesses três primeiros meses, eu já havia largado tudo para trás, tudo o que poderia me afastar de Deus e me entreguei para valer! Comecei a evangelizar, sem ao menos conseguir falar uma palavra, eu ia. Apenas a minha companheira que ia comigo que me levou evangelizar pelas primeiras vezes era quem mais falava! Minha timidez me atrapalhava... Mas me revoltei contra isso e comecei a pisar por cima dela e mesmo engasgando nas palavras, eu evangelizava. Mas isso fica para um próximo post! :) 

RETOMANDO... 

E uma das coisas que posso afirmar que mudou e que percebi, foi o meu entendimento, o meu discernimento. Eu comecei a perceber certas coisas que antes não via, comecei a julgar todas as coisas, calma ai gente, não me  compreenda mau, não é que virei uma juíza, mas devido ao discernimento espiritual que obtive, comecei a ver o que era de Deus e o que não era, para mim as coisas espirituais começaram a ficar tão nítidas, que logo  as percebia. 
Quando lia a Bíblia, já não era da mesma forma de antes, não lia apenas a letra, mas sim comecei a entender profundamente... O Espírito Santo nos ENSINA! O Espírito Santo é imprescindível na vida de um cristão, Ele fez uma mudança em mim, e em você? :) 

O que tem lhe atrapalhado de recebê-LO? Qual é o empecilho?

O que você pode fazer para tirar este empecilho e recebê-LO?  

COMECE AGORA! 

#21diasdeJejum 

E me conte como foi o seu? 


Postar um comentário