domingo, 28 de julho de 2013

Eu mudei depois do Godllywood II

Continuação... Se caso não leu o primeiro, clique aqui.

(...) Foi aí que almejei mudar, decidi mudar! Começando em minha família, comecei a fazer as tarefas que elas faziam. Comecei a ser caprichosa e organizada com minhas coisas, e em casa comecei a me interessar mais pelas tarefas da casa e ajudar minha mãe. Comecei a mudar em mim também não foi nada fácil, mas vi que não era nenhum pouco feminina, mesmo sendo obreira, estava sempre relaxada, jogadona com os tipos de roupas que usava. Como eu poderia glorificar ao meu Senhor deste jeito? Mudei! J Graças a Deus, hoje na Igreja as obreiras, as esposas daquela época quando encontram comigo sempre me dizem o quanto eu mudei e eu agradeço essa mudança ao Godllywood, e tenho plena certeza que foi inspiração de Deus para ajudar não só a mim, mas milhares de jovens, obreiras, esposas na IURD! J E eu sou uma beneficiada.

Eu e minha amiga Valyege, depois da formatura
Sempre tentei entrar no grupo, desde que iniciou em Porto Alegre, mas por ser do interior não podia, tentei em todas as vezes que teve inscrição, (minha amiga que fazia parte me dava informações). O grupo tornou-se fechado, com uma comunidade particular e aquilo de certa forma me entristeceu, pois eu não tinha mais acesso em como olhar as tarefas, me contentava ao perguntar às meninas, minhas amigas que fazem parte do grupo, alguma coisinha sobre o mesmo.

Continuava acompanhando e mudando até que veio o Desafio Godllywood para minha alegria! Comecei a ter tarefas também, e como queria continuar vendo mudanças não só em mim, mas em outras meninas criei um grupo em minha Igreja de meninas que faziam o desafio! Eu estava muito feliz... Até que no final do ano passado consegui fazer minha inscrição! Comecei o RUSH!  O importante é que assim como o desafio Godllywood criou novos hábitos em mim, eu tinha certeza que o RUSH também! J E assim foi! 

Agradeço a Deus por ter inspirado a criação deste Grupo. 
Sei que muito mais mudanças virão e novos aprendizados também!!!!!

Na fé sempre! 
Postar um comentário