sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

2015... Você tá pronta?




Se tem algo que não gosto de falar em viradas de ano é "Feliz Ano Novo"., até posso repetir quando alguém me fala, mas é algo que todo mundo fala, pra mim não é tão válido, entende? Nada contra quem gosta, estou apenas expressando minha opinião, todos falam e suas vidas continuam as mesmas.

Vejo alguns postarem "A partir da meia noite de hoje não serei mais a mesma" e a pessoa continua igual, ou seja, até pensam em mudar, porém é tudo emoção, fala da boca pra fora, sem os pés no chão. 

Todos querem felicidade, mas nem todos estão dispostos a sacrificarem-se por ela.

 A felicidade muitas vezes exige sacrifícios da nossa parte, como por exemplo, uma pessoa ter mágoa no coração e entrar o novo ano com a mesma mágoa, sem perdoar quem a ofendeu. Isso exige sacrifício, exige esforço para que essa pessoa possa ser feliz.

Se você tem estado fria em seu casamento é hora de arremangar as mangas e lutar por ele, ou se sua vida espiritual não é mais a mesma, é hora de lutar, voltando a prática do que te fortalece. Entre outros tantos exemplos. Ter pés no chão, é isso, é ter atitude e não soltar palavras ao vento sem objetivo nenhum.

Do final para o início do ano gosto de me analisar, analisar minhas atitudes, tudo o que aconteceu no meu ano, ver onde e o que preciso mudar, há hábitos velhos a serem removidos e há novos a serem adquiridos. Eu vejo um novo ano não com emoção, mas de oportunidades, de amadurecimento, de aprendizados.

Se você quer um ano novo, você precisa estar com os pés no chão. Lutas virão, vitórias virão, oportunidades virão, então agarre-as. 
Esteja pronto, para enfrentar seus medos, mudar, aprender, vencer, amadurecer...

Abençoado 2015 para você.




Postar um comentário